A transformação do Secretariado no mundo: Austrália
Por Adriana Carvalho

publicado em

Que a profissão de Secretária está em constante transformação e que tem se modificado bastante nos últimos anos não é grande novidade. Vou trazer aqui para vocês uma série de “outlooks” de como a profissão tem se desenhado no exterior, baseada em alguns artigos e pesquisas que tenho feito.

Hoje vamos falar sobre a Austrália. Sendo um país jovem e que tem tido uma taxa de crescimento positiva nos últimos 30 anos, neste último ano teve sua primeira retração econômica, certamente, afetando algumas profissões. Os valores que iremos mencionar neste artigo estão em dólares australianos – $. 

Olhando para o mercado de trabalho do secretariado neste país, vemos uma profissão em declínio. O governo reporta como uma profissão que vem decrescendo ao longo dos últimos anos, conforme explico mais abaixo (após análise de alguns dados) como a profissão está se transformando. Em 2011, a Austrália tinha mais de 75 mil profissionais, caindo para 31 mil pessoas exercendo a profissão em 2020. A previsão é de que se tenha 23 mil secretários em 2025. Para considerarmos uma possível carreira expatriada no país, a análise destes números é bem interessante e importante.

Seguindo algumas estatísticas, 97% são do sexo feminino e bem curioso é o fato de a média de idade ser de 50 anos, contra 40 anos de idade como média para outras profissões. 46% trabalham em período integral, contra 66% de outras profissões. A maioria está empregada nas áreas de serviços técnicos e científicos, construções e serviços de suportes administrativos. A remuneração está abaixo da média do mercado de trabalho: $ 1,146 por semana contra $ 1.460, dos demais e a média do nível de educação formal atualmente fica no ensino médio.

Continua depois da publicidade…

PUBLICIDADE

https://www.sympla.com.br/coaching-em-grupo-para-mulheres__1531493
https://www.sympla.com.br/coaching-em-grupo-para-mulheres__1531493
previous arrow
next arrow
live rota da mulher rica
live rota da mulher rica
previous arrow
next arrow
anuncie-na-dolce-post
presenca online-campanha-post (2)
previous arrow
next arrow

Então, o que está acontecendo com a nossa profissão na Austrália? A exemplo de outros países, conforme descrito no meu artigo “As novas responsabilidades do profissional de Secretariado no mundo globalizado”, publicado neste portal, o mundo corporativo australiano tem dado muito destaque a uma nova (para nós brasileiros) figura: o Office Manager ou Corporate Service Manager. Este profissional está com uma tendência de crescimento e desenvolvimento de carreira em ascendência também na Austrália.

Dados publicados em 2021 mostram que o profissional de Corporate Service Manager possui uma média salarial semanal de $2.783 (contra a média salarial de outras profissões de $1460), sendo 62% do sexo feminino e média de idade de 48 anos. A grande maioria trabalha em tempo integral, inclusive, muitas vezes, em jornadas mais longas, sendo o nível de exigência de “skills” bem alto (mais de 5 anos de experiência e no mínimo um diploma universitário na área de Humanas). A expectativa para 2025 é de que tenham 20.500 profissionais nesta função. Muitos dos ocupantes desta atividade, foram Secretários Executivos anteriormente.

Assim, fazendo-se uma análise de projeção de carreira, precisamos nos perguntar onde queremos estar em 5 anos e nos preparar adequadamente para uma possível migração de nossa carreira para um nível mais executivo.  Com tal tendência, pelo menos na Austrália, aos poucos vamos desenhando um plano de carreira que nos permita atuar igualmente em outros mercados, afinal, a globalização está batendo à nossa porta!

Referência:

https://labourmarketinsights.gov.au/occupation-profile

Camada 1

Adriana Carvalho é formada em Secretariado Executivo Bilíngue e Tradução – Inglês pela PUC Campinas e Pós-graduada em Gestão de Negócios pela FAE Business School em Curitiba. Atuou por 21 anos como Secretária de Diretoria em multinacional da indústria automotiva e conta com experiência em trabalhos no exterior. Hoje mora na China e coordena um grupo de mulheres expatriadas promovendo atividades culturais e de integração na comunidade. Casada, mãe de um rapaz de 17 anos, tem como hobby a fotografia e escreve para o blog “Por Aí, Viagens e Cultura” (www.poraiviagensecultura.blogspot.com) em que relata um pouco da história e cultura dos lugares que já visitou.

alessandra-lazarin-banner-publ-14.06.22
mulher-absoluta-in-company-banner
presenca-online-campanha-touche (6)
vinheta-abril-2021-banner (8)
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
Camada 1

Gostou deste artigo? Compartilhe!

4 Comments

  1. Texto muito interessante! Grata por dividir sua pesquisa! Parabéns!

  2. Excelente! Gostei muito de saber, ainda mais porque estive lá em 2019 e seria um dos países que eu moraria, além do Canadá que também fui para estudar inglês.


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

os mais lidos na semana

Temas Procurados

Camada 1
mulher-absoluta-in-company-banner
2021.07.27-campanha-telegram-mundi-banner
presenca-online-campanha-touche (6)
vinheta-abril-2021-banner (8)
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow