Como usar a comunicação para não enlouquecer nos ambientes de trabalho
Por Carla Venâncio

publicado em

Há um ditado que diz “É conversando que a gente se entende”, mas são tantos os conflitos gerados nos processos de comunicação que o ditado estaria mais para “Se quiser viver em paz, não converse com ninguém”.

Enquanto nos relacionamentos pessoais você tem mais liberdade para escolher com quem prefere se relacionar, nos ambientes de trabalho isso não acontece. Você precisa manter um canal de comunicação aberto com muitas pessoas, mesmo que não haja nenhuma afinidade entre vocês. E você pode me dizer: “Não gosto de trabalhar com Fulano, não concordo com as ideias dele, ele é um chato! Como faço para manter uma comunicação adequada? Isso é possível?”.

Começo esclarecendo que onde há convivência, haverá conflito. Sempre! Entretanto, conhecer alguns aspectos sobre comunicação interpessoal pode ajudá-lo a enfrentar os desafios dos relacionamentos corporativos. Veja as três dicas que selecionei para você!

  1. ESTABELEÇA UM CLIMA DE COMUNICAÇÃO ADEQUADO

Você já reparou que é muito fácil passar horas conversando com algumas pessoas enquanto com outras isso seria um tormento? Pois é, as nossas conversas podem ser parecidas com dias ensolarados ou com dias muito nublados. Segundo Ronald Adler e Neil Towne, os climas de comunicação dependem de algo relativamente simples: do quanto você acredita que o outro o valoriza, ou seja, se você acredita que é valorizado, a comunicação apresenta-se de forma mais satisfatória e agradável; se você acredita que o outro não valoriza quem você é, os climas tendem a ser ruins. Assim, se quiser manter um clima de comunicação adequado, a primeira estratégia é ajustar a sua atitude e demonstrar que você respeita e valoriza as pessoas com quem convive.

  1. ENTENDA QUE A COMUNICAÇÃO EXIGE COOPERAÇÃO

Há uma frase muito popular nas redes sociais: “Sou responsável pelo que eu digo, não pelo que você entende”. Nada poderia estar mais longe da verdade! Uma comunicação envolve o outro. Se fosse uma atividade solitária, receberia o nome de monólogo. Assim, a cooperação é fundamental para que os interlocutores sejam capazes de compartilhar mentes e corações. Ao fazer uma apresentação ou ao preparar uma reunião, simplifique sua mensagem. Construa textos claros e corretos e use vocabulário acessível. Isso o ajudará a compartilhar suas ideias com mais sucesso. Vale ressaltar que, para que a comunicação aconteça, as duas partes precisam cooperar. Se uma delas se recusar a manter a comunicação, muito pouco poderá ser feito para que o ato comunicativo se realize de fato.

  1. USE AS PALAVRAS A SEU FAVOR

É comum ouvirmos a frase “as palavras têm poder”. E é verdade! Quantas vezes você já passou o dia todo se sentindo bem e feliz depois de ter recebido um elogio? Nossas mensagens podem aproximar ou afastar as pessoas. Entenda, agora, quais mensagens aproximam as pessoas de você:

  • Não fale só da sua vida, do seu trabalho, da sua família, dos seus interesses. Fale sobre o assunto preferido do outro. Sabe qual é? Ele mesmo!
  • Sempre que a memória permitir, chame as pessoas pelo nome.
  • Cumprimente as pessoas, sem fazer distinção: isso mostra que você as valoriza.
  • Elogie e parabenize sempre que possível: mostrar que você reconhece o valor do outro diz muito sobre a pessoa generosa que você é e não diminui o valor que você tem.

Para finalizar, lembre-se: se você deseja melhorar seus relacionamentos profissionais, comece mudando a sua comunicação. Mostre que respeita e valoriza as pessoas com quem você conversa. Isso não resolverá todos os seus problemas: a comunicação não é uma solução mágica! Mas, com certeza, você viverá com menos conflitos.

Agora, conte para mim: suas mensagens aproximam ou afastam as pessoas?

Sucesso e até a próxima!

Referência Bibliográfica

ADLER, Ronald B. e TOWNE, Neil. (2002). Comunicação Interpessoal. Rio de Janeiro: LTC.

Camada 1

Carla Venâncio é formada em Letras e Pedagogia com especialização em Gramática e mestrado em Língua Portuguesa pela PUC de São Paulo e professora dos cursos de Redação, Expressão e Atendimento ao Cliente no IDPC. Com experiência de mais de 25 anos na Educação, atua há 17 como professora universitária, além de ministrar aulas particulares e treinamentos no mundo corporativo sobre comunicação assertiva, atendimento ao cliente, redação e revisão gramatical. Autora dos livros “Como se escreve”, “100 Dicas de português para se dar bem na hora da paquera” e da coleção “Português para Profissionais de Sucesso”.

Camada 1

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2021.07.27-campanha-telegram-mundi-banner
cestoupresentes-banner
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow

os mais lidos na semana

Temas Procurados

Camada 1
2021.07.27-campanha-telegram-mundi-banner
presenca-online-campanha-touche (6)
vinheta-abril-2021-banner (8)
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow