Profissão de Secretária: seria este o derradeiro fim ou um novo começo?
Por Alessandra Milani

publicado em

A cada dia mais tenho escutado que a profissão de Secretaria desaparecerá, tal como a máquina de escrever e a de fotografia, que um dia foram onipresentes em nossas vidas. Olhando o mercado de trabalho tal como se apresenta hoje, fica realmente a impressão de que os mais pessimistas possam estar visualizando os últimos capítulos dessa profissão, dado o estado geral de coisas, o número cada vez mais reduzido de posições de destaque face a quantidade cada vez maior de candidatos concorrendo por uma vaga.

Entretanto, cabe aqui um convite a uma reflexão. Algumas tarefas no passado desempenhadas pela Secretária foram ou têm sido sistematicamente modificadas, substituídas ou até extintas. Mas o mundo, por sua vez, ficou muito mais complicado, e ferramenta alguma será capaz de substituir as habilidades de uma Secretária Executiva como facilitadora para que os objetivos da empresa sejam alcançados. Qual alto executivo poderia abrir mão de ter ao seu lado alguém capaz de comunicar-se com seus interlocutores externos de forma a bem representá-lo, integrar equipes internas em torno de propósitos para o bem comum, organizar agendas de forma a viabilizar encontros a cada dia mais imprescindíveis para o sucesso das organizações?

Parece ser que a Secretária de antigamente de fato está desaparecendo, para dar lugar a uma profissional de altíssima qualificação, nível cultural impecável, domínio de idiomas, conhecimentos sólidos em governança corporativa e sustentabilidade (hard skills), capacidade argumentativa, flexibilidade, capacidade de antecipar-se a problemas (soft skills), entre inúmeras outras habilidades que devem ser perseguidas por aquelas que desejarem perenidade profissional num ambiente em constantes mudanças. Tudo leva tempo (e fica melhor com o passar dele). Quanto mais se faz, melhor faz o que se sabe fazer; e no meio tempo aprende o que ainda não se sabe fazer. Ser aquela a quem se quer ter por perto, próxima de quem os problemas se “apequenam” e… o melhor dos mundos: se resolvem!

Para as que reunirem esses atributos, este certamente não é o fim. Mas um interessante e fascinante começo.

Camada 1

Alessandra Milani é graduada em Secretariado Executivo Bilíngue e Pós-Graduada em Administração de Marketing e no mercado há mais de 30 anos assessorando CEOs e Presidentes em grandes corporações no Brasil e no exterior e também produtora de conteúdo para palestras e treinamentos. Além do idioma inglês, é fluente em italiano e espanhol.

Camada 1

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

6 Comments

  1. Alessandra,

    Parabéns pelo artigo.

    Gostei bastante!

    Um abraço

    • Muito obrigada! Vindo de você, e mais do que um elogio. Bjs

  2. Olá Ale !!
    Muito pertinente seu artigo!
    Tenho a mesma opinião !
    Parabéns!

    • Obrigada querida! Bjs

    • Obrigada!

  3. Parabéns pelo artigo, realmente nossa profissão está em constantes mudanças, mas as habilidades humanas nunca serão substituídas.


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2021.07.27-campanha-telegram-mundi-banner
cestoupresentes-banner
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow

os mais lidos na semana

Temas Procurados

Camada 1
2021.07.27-campanha-telegram-mundi-banner
presenca-online-campanha-touche (6)
vinheta-abril-2021-banner (8)
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow