Inteligência Emocional – Competência importante para a qualidade na vida profissional e pessoal
Por Bete D’Elia e Walkiria Almeida

publicado em

Inteligência Emocional já fazia a diferença no desempenho profissional e pessoal, a partir do século XXI, por ser uma competência vital para ter equilíbrio, desenvolver e sedimentar relacionamentos saudáveis, trabalhar sob pressão, sem prejuízo da produtividade, lidar com perfis heterogêneos, atendendo, entendendo e superando expectativas.

O mundo corporativo privilegiou durante muitas décadas a supremacia da razão, só permitindo   a entrada das emoções, a partir de 1990, graças ao trabalho de vários estudiosos, entre eles Daniel Goleman, que por meio de pesquisas cientificas deram um tratamento científico às emoções, bem como a sua importante contribuição nos resultados.

Mesmo que em 2020, a prática da Inteligência emocional fosse ainda incipiente no cenário empresarial, os impactos gerados pela Pandemia fizeram com que a maioria das pessoas vivesse de forma intensa emoções nunca antes vivenciadas, sem ter o devido preparo para tal.

A Inteligência Emocional possibilita que as pessoas reconheçam o que estão sentindo, permitindo-se sentir e expressar. Com certeza, uma importante válvula de escape, no momento em que o medo, a tristeza e outras emoções chegaram de forma avassaladora, sem pedirem licença e autorização para se instalarem, aumentando o estado coletivo de vulnerabilidade.

Olhando para o aprendizado que todas as crises sinalizam, mostrando caminhos de superação, uma delas é aprender Inteligência Emocional, que é a   capacidade de perceber, avaliar e expressar de maneira adequada uma emoção, de gerar pensamentos e sentimentos, que facilitem a compreensão de si mesmo, dos outros e de crescer com essas experiências.

É a base para tomar decisões sensatas.

É a habilidade de escutar tanto as informações racionais quanto os instintos.

É reconhecer que o ser humano é holístico, necessitando tanto da razão como da emoção.

A Inteligência Emocional, conhecida como QE (Coeficiente Emocional), representa atualmente 80% nas possibilidades de sucesso das pessoas, na vida pessoal e profissional. O QI, coeficiente intelectual, representa apenas 20%.

Estudos mais recentes acrescentam também o QA, que é o coeficiente da Adaptabilidade.

Numa situação do cotidiano, podemos identificar o impacto de cada um no resultado:

– O QI nos possibilita entrar no jogo

– O QE nos capacita a ganhar o jogo

– O QA nos prepara para ganhar o campeonato

Segundo Daniel Goleman, os passos para aprender e exercitar a Inteligência Emocional são cinco. Todos comportamentais, complexos e desenvolvidos gradativamente.

  1. Autoconhecimento: representa a percepção do que se está sentindo e a permissão para sentir.
  2. Administração das emoções: Significa expressá-las de forma adequada, para todos os envolvidos, em determinada situação.
  3. Empatia: é captar o que o outro está vivenciando, sem que ele precise falar.
  4. Automotivação: A palavra motivação significa “motivo para a ação”. Quem tem motivos para agir e viver, normalmente, lida bem com as suas emoções.
  5. A arte do relacionamento. É entender de gente. É aceitar as pessoas como elas são, sem emitir juízo de valor. É aprender a lidar com a diversidade.

Que tal investir nesse importante aprendizado?

Camada 1

Bete D´Elia foi Secretaria Executiva da Presidência da Caloi e Diretora de Comunicações do Sindicato das Secretárias. É palestrante e instrutora de cursos para o Secretariado Executivo.

Walkiria Almeida é Mestre em Administração com concentração em Gestão Internacional pela ESPM- Escola Superior de Propaganda Marketing. Tem mais de 30 anos de experiência como Secretária Executiva de presidência e diretoria. É palestrante nacional e internacional, com destaque em sua participação no 1º Fórum Internacional de Secretariado, em Moçambique.  É membro do Comitê de Secretariado de Moçambique e Professora da FMU- Faculdades Metropolitanas Unidas, no Curso de Secretariado Executivo Trilíngue e recebeu em agosto de 2020 o prêmio “Excelência acadêmica FMU”.

Camada 1

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

3 Comments

  1. Excelente artigo da Bete D’Elia e da Walquiria Almeida. Profissionais de Secretariado não deixem de ler.

    • Cara Loiva,
      Agradecemos pelo seu comentário e carinho.
      Abraços

  2. Cara Prof. Loiva
    Muita gratidão pelos seus elogios e carinho.
    Abs

    Bete D’Elia


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2021.07.27-campanha-telegram-mundi-banner
cestoupresentes-banner
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow

os mais lidos na semana

Temas Procurados

Camada 1
2021.07.27-campanha-telegram-mundi-banner
presenca-online-campanha-touche (6)
vinheta-abril-2021-banner (8)
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow