A transformação do mercado de eventos
Por Jane Marques

publicado em

A pandemia do coronavírus impactou diretamente os hábitos dos consumidores, ampliou a exposição das pessoas ao meio digital e acelerou a reinvenção de muitos setores e empresas. O setor de eventos foi um dos primeiros impactados com as restrições de convívio social e deve ser um dos últimos a ser reestabelecido.

E por mais que as tecnologias atuais permitam que várias coisas sejam feitas remotamente, muitos acreditam que o encontro presencial, o é fundamental. Neste exato momento muitos organizadores, donos de espaços de eventos, patrocinadores e visitantes, estão reavaliando cada evento, não apenas pelo possível risco à saúde, mas também um potencial risco financeiro para as empresas.

Com certeza o setor irá se recuperar, mas não será mais o mesmo.

A maioria das pessoas só participará presencialmente de eventos que considerem realmente importantes, com valor e que proporcionem uma verdadeira experiência diferenciada. Muitos destes eventos também incorporarão o virtual e ampliarão o seu alcance para que qualquer pessoa consiga participar de qualquer lugar do mundo.

Contratos serão muito mais elaborados e os termos de cancelamentos muito bem trabalhados. Donos de espaços e fornecedores farão o máximo para se protegerem da possibilidade de perderem dinheiro, enquanto agências e produtores de eventos tentarão ter certeza de que poderão evitar pagar por um evento que pode nunca acontecer.

Com isto, empresas que há anos já trabalhava na integração do físico com o online para proporcionar experiências e emoções reais, intensificaram o processo de digitalização e inseriram isso no core business, passando a oferecer produtos digitais personalizados.

Os eventos digitais já existiam antes da pandemia, o que não existia era algo híbrido, imersivo, uma extensão do nosso toque humano. Acredito que esse será o futuro, a democratização dos eventos e acesso a conteúdo de qualidade.

O físico se manterá atraente e preponderante para a sociedade. Afinal, somente quando as pessoas estão juntas ao vivo que a magia acontece em sua plenitude. Mas por ora, a suspensão permite com que alarguemos nosso olhar e ampliemos nosso alcance dentro do ecossistema digital. Isso cria oportunidades infinitas.

São imensuráveis as combinações e possibilidades no cross do real com o virtual. Um sem invalidar ou conflitar com o outro. Pelo contrário, um potencializando o outro

Confira algumas tecnologias que estão mudando o setor:

Streaming ao vivo

Essa foi a primeira resposta do setor para a pandemia.

O streaming possui uma série de benefícios:

  • A possibilidade de expandir para pessoas que não poderiam participar de forma presencial
  • Expansão do eventos para pessoas de todo o mundo
  • Maior presença virtual e “buzz

Caso o evento seja de grande impacto, mais pessoas irão considerar a participação presencial, o que acaba se tornando um grande promotor para o negócio.

 

Inteligência artificial

De acordo com o estudo realizados pela Markets e Marktes, o mercado de inteligência artificial irá crescer para uma indústria de 190 bilhões de dólares até 2025, mostrando que diversos negócios em todo o planeta estão destinados a integrarem a IA aos seus projetos de uma maneira ou de outra nos próximos 5 anos. Isso irá acontecer principalmente pela capacidade de customização de experiências que a tecnologia oferece.

Em geral, a IA (inteligência artificial) ajuda a associar certos visitantes com a sua área de trabalho e interesses; outro ponto é a de potencializar a experiência de uma forma mais individualizada, ao analisar dados do usuário e compreender padrões de comportamento. 

Ela poderá aparecer de diversas formas:

  • Chatbots nos eventos
  • Reconhecimento facial durante cadastramento e registro em eventos
  • Tradução e interpretação para outras línguas durante painéis
  • Personalização de newsletter com conteúdo direcionado sob medida para os interesses de cada pessoa.
  • Comunicação personalizada
  • Realidade virtual e realidade aumentada (VR e AR)

Entender esses dados baseados em comportamentos pode ajudar a identificar onde investir em futuros eventos ou até mesmo para se adaptar e ajustar com o próprio evento em ação.

Logística

Os dados acima mencionados, também podem ajudar os eventos na sua logística, ao entender padrões de movimentação e concentração do público ao longo da área disponível, é possível criar uma distribuição de stands e também dos tipos de uma forma muito mais eficiente. Tudo em nome da melhor experiência para o visitante.

Ética também será uma questão séria.

Como a coleta de dados será uma constante não apenas no setor, mas também no mundo todo, o uso dos mesmos de forma ética também será uma exigência do público. 84% dos consumidores já afirmam que deixariam de fazer negócios com empresas se não estiverem sentindo que podem confiar na maneira que utilizarão os dados fornecidos, por isso seguir a LGPD se torna fundamental e obrigatório.

Conectividade e interação mais uma vez como a demanda do futuro

Como dissemos, com certeza o setor irá se recuperar, mas terá que passar por transformações profundas para se manter relevante para o público, que também está se transformando rapidamente diante da atual pandemia. Independente disso, mais uma vez a conectividade será fundamental para que isso seja atingido. Ter uma estrutura que possa fornecer a conectividade para todas essas tecnologias, coleta e análise de dados será obrigatório para qualquer espaço de eventos.

Agora talvez seja o melhor momento para buscar as melhorias necessárias para o amanhã, como uma infraestrutura que suporte toda essa demanda por dados.

E aí gostou desse conteúdo? Aproveite e conheça o novo site www.teamassessoria.com.br, lá você terá a oportunidade de nos conhecer melhor, juntamente com todas as nossas soluções para te ajudar a construir um evento seguro e de qualidade.

Camada 1

Jane Marques Shoji é CEO da Team Assessoria para eventos Corporativos e Assistente Virtual na prospecção B2B para Profiter Consulting. Formada em Gestão Comercial, Pós-Graduada em Marketing com Mestrado em Project Management Internacional pela Escola de Negócios Europeia de Barcelona. Expert em Inteligência de Mercado tem 27 anos de carreira em Varejo e Comércio. É membro do Grupo de Mulheres do Brasil, voluntária e parceira na ONG Mensageiros da Esperança. Apaixonada por eventos que encantam, recapacitam e transformam vidas.

Camada 1

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2021.07.27-campanha-telegram-mundi-banner
cestoupresentes-banner
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow

os mais lidos na semana

Temas Procurados

Camada 1
2021.07.27-campanha-telegram-mundi-banner
presenca-online-campanha-touche (6)
vinheta-abril-2021-banner (8)
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow