Música para aprender inglês
Por Rosemary Neves de Sales Dias

publicado em

Como você estuda inglês? Como você retém vocabulário novo? Como você pratica a pronúncia? Como você estuda a leitura em inglês? Como você se prepara para entender o que as pessoas falam em inglês? Provavelmente você pensou em várias possibilidades de aprendizagem do idioma ao ler minhas perguntas.

Vou sugerir MÚSICA. Isso mesmo, música. Muita música e vou explicar o motivo da minha sugestão.

Na minha carreira de professora de inglês (longa, por sinal) a música sempre fez parte das atividades que sugiro aos meus alunos. E não estou falando sem base teórica não. Em qualquer busca rápida no Google Scholar com as palavras ‘música no ensino de idiomas, música no ensino de inglês), você encontrará uma infinidade de artigos acadêmicos com pesquisas sobre o assunto.

Cito apenas algumas vantagens de utilizar esse recurso para contribuir com seu aprendizado do idioma:

  • Aquisição de vocabulário: em qualquer letra de música que você goste é possível aprender palavras novas. Se você pesquisar a palavra, traduzir e tentar usá-la, logo ela fará parte do seu vocabulário. E melhor ainda, todas as vezes que ouvir a canção, lembrará dela. E sem perceber, a usará em conversas, textos, ao assistir séries, etc.
  • Memorização: como citado acima, ao usar as palavras novas aprendidas em diversas situações, elas farão parte do seu vocabulário. Quase sem perceber, elas estarão incorporadas no seu dia a dia.
  • Cultura: ao ouvir canções estrangeiras, aprendemos sobre a cultura de um país, momento histórico, entre muitas coisas. Por exemplo, se você assistir ao show da banda Queens no histórico Live Aid em 1985, certamente assistirá a uma parte da história da música, assim como o modo de vestir das pessoas, a quantidade de gente em um estádio, a situação da África naquele momento, etc. Sugiro que assista ao filme também, é imperdível.
  • Pronúncia: ao cantarmos em inglês, ativamos músculos do nosso aparelho fonador de uma maneira diferente, pois somos falantes português e há sons em Inglês que não existem no nosso idioma, como o th sound. Esse ‘exercício’ torna mais fácil a pronúncia das palavras. Outra sugestão: cante, cante muito. Tente imitar a maneira que o artista está pronunciando as palavras. No início você poderá ter alguma dificuldade, mas com a prática, pronunciará as palavras corretamente.
  • Listening: o listening está ligado ao ouvir e entender. Se você conhece aprende palavras novas, como mencionado no item de aquisição de vocabulário acima, sempre que ela aparecer em uma música, você a compreenderá imediatamente. Sempre digo aos meus alunos, seu listening vai melhorando à medida que você adquire mais vocabulário.

Ao finalizar esse artigo, vou sugerir um app interessantíssimo e útil para ajudá-los a usar a música no aprendizado de inglês: o Lyrics Training. É gratuito, não usa muita memória do seu celular e é fácil de usar. Funciona da seguinte maneira: qualquer música que você escolher, ele te oferecerá a possibilidade ouvir a canção e completar. Há níveis que vão do iniciante ao expert. Experimentem, vocês vão se divertir e aprender.

Camada 1

Rosemary Neves de Sales Dias é Mestre em Linguística Aplicada pela PUC/SP, tem Pós-graduação em Neurociência Aplicada à Educação pela FMU e professora universitária há mais de vinte anos atuando nas áreas de Secretariado Executivo e hospitalidade.

Camada 1

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

os mais lidos na semana

Temas Procurados

Camada 1
2021.07.27-campanha-telegram-mundi-banner
presenca-online-campanha-touche (6)
vinheta-abril-2021-banner (8)
previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow